12.10.20

A Lei Como Professor

 Lição 3, 10 a 16 de Outubro


Sábado à tarde

VERSO ÁUREO: “Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu poder.” Deuteronómio 6:5


Ao advertir os gálatas contra o legalismo, Paulo escreveu: “se dada fosse uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei” (Gálatas 3:21). É evidente que, se alguma lei pudesse “dar vida”, seria a lei de Deus. Contudo, o argumento de Paulo é que, para nós, pecadores, nem mesmo a lei de Deus pode dar vida. Porquê? “Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes” (Gálatas 3:22).

No entanto, se a lei não pode conceder vida aos pecadores, qual é o propósito dela, além de nos mostrar a nossa necessidade de graça? Então, a lei teria apenas uma função negativa, existindo apenas para nos mostrar os nossos pecados?

Não! A lei também existe para nos indicar o caminho à vida, que é encontrada apenas em Jesus. É disso também que se trata a verdadeira educação, conduzindo-nos a uma vida de graça, de fé e de obediência a Cristo. Por esta razão, vamos estudar, nesta semana, a função da lei de Deus em toda a questão da educação cristã. Embora a lei não nos salve, vamos ver o que ela ainda nos ensina sobre fé, graça e o amor de Deus pela humanidade caída.

Sem comentários: