22.5.09

Vamos para casa



They say that heaven's pretty
And living here is too
But if they said that I
would have to choose between the two
I'd go home, going home, where I belong

And sometimes when I'm dreaming
It comes as no surprise
That if you look and see
The homesick feeling in my eyes
I'm going home, going home, where I belong

While I'm here I'll serve him gladly
And sing him all my songs
I'm here, but not for long
And when I'm feeling lonely
And when I'm feeling blue
It's such a joy to know that
I am only passing through

I'm headed home, going home, where I belong

And one day I'll be sleeping,
When death knocks on my door
And I'll awake and find that
I'm not homesick anymore
I'll be home, going home, where I belong

Pat Terry
BJ Thomas

12.5.09

Radical

"Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; aconselhar-te-ei, tendo-te sob a minha vista." Salmos 32:8

Pouco tempo depois de fazer a lista dos 101 em 1001, pensando, conversando com Deus e com a Dorky, dei-me de conta que alguma coisa falhava nesta minha lista. O conceito de alcançar objectivos é bom, mas mesmo assim faltava algo.

Ao começar a olhar para a lista, e depois de meditar e conversar sobre ela este passado fim de semana, debaixo de uma árvore, chegamos à conclusão que esta lista estava com as prioridades trocadas.

Este fim de semana a Dorky ofereceu-me um livro do Jim Hohnberger, "Vida Plena de Poder". Começando a ler esse livro, e pensando em tantas outras coisas que Deus me tem mostrado, reparei que a lista estava muito centrada em mim. O centro tem que ser Deus e estar com Ele e seguir a Sua vontade. Depois, é Ele que me dá a felicidade e a força para cumprir todo e mais algum objectivo que seja bom.

"Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado." 1 Corintios 2:2

Por isso, reorganizei a lista. Coloquei em primeiro lugar os que são mesmo importantes, mas provavelmente a lista ainda sofrerá mais alterações. Retirei os números, porque serem 101 ou 50 ou 20 objectivos não é o importante. O que conta é Quem esta ao leme. A partir de agora a lista vai andar lado a lado com a leitura do "Vida Plena de Poder", e vou riscar alguns itens que considero serem apenas "caprichos". Alguns podem até chegar a ser eliminados, mas em oração irei avançando.

Podem ver agora ai do lado direito a lista como ela esta agora. :)

Semper Fi, e God bless you all!

5.5.09

O progresso da lista

"Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo.
Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre."
I João 2: 15-17

2.5.09

101 em 1001

No final de Março, mais propriamente no dia 28, um Sábado, como hoje, a Darash publicou este post:

http://due-north.blogspot.com/2009/03/1011001.html

sobre a ideia contida neste site:

http://www.dayzeroproject.com

Basicamente trata-se de fazer uma lista de 101 objectivos ou metas ou tarefas que deverão ser levados a cabo em 1001 dias. Cada ponto da lista deve ser especifico, sem ambiguidades, que se possa medir ou identificar bem quando se alcançam e devem incluir algum tipo de esforço para se alcançarem.

Vai muito além da famosa lista de decisões de fim de ano que nunca ninguém leva até ao fim. Confessem. Pois bem, decidi começar hoje, fiz a minha lista, e contas feitas tenho até ao dia 28 de Janeiro de 2012, um Sábado, para terminar as tarefas. :)

Porque é que isto me faz lembrar Julio Verne? Cool!

A minha lista:

"Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." Mateus 6:33

"Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo.
Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre."
I João 2: 15-17