16.12.17

Overcoming Evil With Good


Sabbath School Lesson Begins

Bible Study Guide - 4th Quarter 2017

Lesson 12 December 16-22

Sabbath Afternoon

Read for This Week’s Study: Romans 12, 13.

Memory Text: “Be not conformed to this world: but be ye transformed by the renewing of your mind, that ye may prove what is that good, and acceptable, and perfect, will of God” (Romans 12:2).

Powever much Paul is seeking to disabuse the Romans of their false notions of the law, he also calls all Christians to a high standard of obedience. This obedience comes from an inward change in our heart and mind, a change that comes only through the power of God working in a person surrendered to Him.

Romans contains no hint that this obedience comes automatically. The Christian needs to be enlightened as to what the requirements are; he or she must desire to obey those requirements; and, finally, the Christian should seek the power without which that obedience is impossible.

What this means is that works are part of the Christian faith. Paul never meant to depreciate works; in chapters 13 to 15 he gives them strong emphasis. This is no denial of what he has said earlier about righteousness by faith. On the contrary, works are the true expression of what it means to live by faith. One could even argue that because of the added revelation after Jesus came, the New Testament requirements are more difficult than what was required in the Old. New Testament believers have been given an example of proper moral behavior in Jesus Christ. He and no one else shows the pattern we are to follow. “Let this mind be in you, which was also in” [not Moses, not Daniel, not David, not Solomon, not Enoch, not Deborah, not Elijah] “Christ Jesus” (Phil. 2:5).

The standard doesn’t - can’t! - get higher than that.

Vencendo o mal com o bem



Lição 12 - 16 a 23 de Dezembro

Sábado à tarde

VERSO PARA MEMORIZAR: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12:2

LEITURAS DA SEMANA: Romanos 12; 13

Por mais que Paulo estivesse a buscar livrar os romanos das suas falsas noções da lei, ele também convocou os cristãos a um alto padrão de obediência como resultado de uma mudança interior no coração e na mente, uma transformação que ocorre somente por meio da atuação do poder de Deus numa pessoa submissa a Ele.

Nada sugere no livro de Romanos que esta obediência ocorra automaticamente. O cristão precisa ser esclarecido quanto às exigências e deve desejar obedecê-­las; e, finalmente, deve buscar o poder sem o qual essa obediência é impossível.

Isto significa que as obras fazem parte da fé cristã. Paulo jamais quis depreciar as obras; nos capítulos 13 a 15 ele deu-lhes uma forte ênfase. Esse facto não nega o que ele tinha dito anteriormente sobre a justiça pela fé. Pelo contrário, as obras são a verdadeira expressão do que significa viver pela fé. Seria possível até defender que, por causa da revelação acrescentada após a vinda de Jesus, os requisitos do Novo Testamento são mais difíceis do que aqueles exigidos no Antigo. Os cristãos do Novo Testamento receberam um exemplo de comportamento moral perfeito em Jesus Cristo. Ele é o único que mostra o padrão que devemos seguir. “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.” Filipenses 2:5

Ele é o nosso mais alto padrão!
-->

15.12.17

Further Thought

Friday December 15

Read Ellen G. White, “Before the Sanhedrin”, pp. 77-79; “From Persecutor to Disciple” pp. 112-114; “Written From Rome”, pp. 474, 475, in The Acts of the Apostles; “Reaching Catholics”, pp. 573-577, in Evangelism; “What to Preach and Not to Preach”, pp. 155, 156, in Selected Messages, book 1.

“Notwithstanding Israel’s failure as a nation, there remained among them a goodly remnant of such as should be saved. At the time of the Saviour’s advent there were faithful men and women who had received with gladness the message of John the Baptist, and had thus been led to study anew the prophecies concerning the Messiah. When the early Christian church was founded, it was composed of these faithful Jews who recognized Jesus of Nazareth as the one for whose advent they had been longing.” - Ellen G. White, The Acts of the Apostles, pp. 376, 377.

“Among the Jews are some who, like Saul of Tarsus, are mighty in the Scriptures, and these will proclaim with wonderful power the immutability of the law of God. . . . As His servants labor in faith for those who have long been neglected and despised, His salvation will be revealed.” - Page 381.

“In the closing proclamation of the gospel, when special work is to be done for classes of people hitherto neglected, God expects His messengers to take particular interest in the Jewish people whom they find in all parts of the earth. As the Old Testament Scriptures are blended with the New in an explanation of Jehovah’s eternal purpose, this will be to many of the Jews as the dawn of a new creation, the resurrection of the soul. As they see the Christ of the gospel dispensation portrayed in the pages of the Old Testament Scriptures, and perceive how clearly the New Testament explains the Old, their slumbering faculties will be aroused, and they will recognize Christ as the Saviour of the world. Many will by faith receive Christ as their Redeemer.” - Page 381.
Discussion Questions:

As God’s law, and especially the Sabbath, comes into sharp focus in the last days, is it not reasonable to think that the Jews - many of them as serious about the Ten Commandments as Adventists are - will have a role in helping to clarify some issues before the world? After all, when it comes to Sabbath keeping, Adventists in contrast to the Jews are “the new kids on the block.” Discuss.
Of all churches, why should the Adventist Church be the one most successful in reaching out to Jews? What can you or your local church do in seeking to reach Jews in your community?
What can we learn from the mistakes of many in ancient Israel? How can we avoid doing the same things today?

Estudo adicional

Sexta-feira, 15 de Dezembro

Leia, de Ellen G. White, “Perante o Sinédrio”, p. 77-79; “De Perseguidor a Discípulo”, p. 112-114; “Carta de Roma”, p. 474, 475, em Atos dos Apóstolos; “Trabalho em Favor de Classes Especiais”, p. 573-577, em Evangelismo; “O Que Pregar e O Que Não Pregar”, p. 155, 156, em Mensagens Escolhidas, v.1.

“Não obstante a falha de Israel como nação, havia entre eles um considerável remanescente em condições de ser salvo. No tempo do advento do Salvador, houve homens e mulheres fiéis que receberam com alegria a mensagem de João Batista, e foram assim levados a estudar de novo as profecias referentes ao Messias. Quando a igreja cristã primitiva foi fundada, ela era composta desses fiéis judeus que reconheceram Jesus de Nazaré como Aquele cujo advento haviam almejado” (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 376, 377).

“Há entre os judeus alguns que, como Saulo de Tarso, são poderosos nas Escrituras, e esses proclamarão com maravilhoso poder a imutabilidade da lei de Deus […]. Quando Seus servos trabalharem com fé pelos que há muito têm sido negligenciados e desprezados, Sua salvação será revelada” (ibid., p. 381).

“Ao serem as Escrituras do Antigo Testamento combinadas com o Novo numa explanação do eterno propósito de Jeová, isso será para muitos judeus como o raiar de uma nova criação, a ressurreição da esperança. Ao verem o Cristo da dispensação do evangelho retratado nas páginas das Escrituras do Antigo Testamento, e perceberem quão claramente o Novo Testamento explica o Antigo, suas adormecidas faculdades despertarão e eles reconhecerão Cristo como o Salvador do mundo. Muitos receberão a Cristo pela fé como seu Redentor” (ibid., p. 381).

Perguntas para discussão

1. Visto que a lei de Deus, especialmente o Sábado, será enfatizada nos últimos dias, não é razoável pensar que os judeus desempenharão uma função em ajudar a esclarecer algumas questões diante do mundo, visto que muitos deles são tão zelosos como os Adventistas do Sétimo Dia em relação aos Dez Mandamentos?

2. Porque deve ser a Igreja Adventista do Sétimo Dia a igreja mais bem-sucedida em alcançar os judeus? O que você ou sua igreja podem fazer para alcançá-los?

3. O que podemos aprender com os erros de muitas pessoas do antigo Israel? Como podemos evitar essas mesmas coisas hoje?

The Modern VS The Old Way



O moderno versus a maneira antiga de fazer as coisas.

"Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas." Jeremias 6:16

The modern versus the old way of doing things.

"Thus saith the LORD, Stand ye in the ways, and see, and ask for the old paths, where {is} the good way, and walk therein, and ye shall find rest for your souls." Jeremiah 6:16

14.12.17

The Salvation of Sinners

Thursday December 14

Paul’s love for his own people is clearly apparent in Romans 11:25-27. How hard it must have been for him to have some of his countrymen fight against him and against the truth of the gospel. And yet, amid it all, he still believed that many would see Jesus as the Messiah.

Read Romans 11:28-36. How does Paul show God’s love, not just for the Jews but for all humanity? How does he express here the amazing and mysterious power of God’s grace?

Through Romans 11:28-36, although a contrast is made between Jews and Gentiles, one point stands clear: God’s mercy and love and grace are poured out upon sinners. From even before the foundation of the world God’s plan was to save humanity and to use other human beings, nations even, as instruments in His hands to fulfill His divine will.

Carefully and prayerfully read Romans 11:31. What important point should we take from this text about our witness, not just to Jews but to all people with whom we come in contact?

No doubt, through the centuries, had the Christian church treated the Jews better, many more might have come to their Messiah. The great falling away in the early centuries after Christ, and the extreme paganization of Christianity - including the rejection of the seventh-day Sabbath in favor of Sunday - certainly didn’t make it any easier on a Jew who might have been drawn to Jesus.

How crucial, then, that all Christians, realizing the mercy that has been given to them in Jesus, display that mercy to others. We cannot be Christians if we do not (see Matt. 18:23-35).

Is there someone to whom you need to show mercy, who perhaps doesn’t deserve it? Why not show this person that mercy, no matter how hard that might be to do? Isn’t that what Jesus has done for us?

A Salvação dos Pecadores

Quinta-feira, 14 de Dezembro

O amor de Paulo por seu povo fica evidente de forma clara em Romanos 11:25-27. Deve ter sido muito difícil para ele opor-se a alguns dos seus próprios compatriotas e vê-los lutar contra a verdade do evangelho. No entanto, em meio a tudo isto, ele ainda acreditava que muitos reconheceriam Jesus como o Messias.

7. Leia Romanos 11:28-36. De que maneira mostrou Paulo o amor de Deus, não apenas pelos judeus, mas por toda a humanidade? Como expressou ele o poder maravilhoso e misterioso da graça de Deus?

Ao longo de Romanos 11:28-36, embora seja apresentado um contraste entre judeus e gentios, um ponto fica claro: a misericórdia, o amor e a graça de Deus são derramados sobre os pecadores. Desde antes da fundação do mundo, o plano de Deus era salvar a humanidade e usar outros seres humanos e nações como instrumentos em Suas mãos para cumprir a Sua vontade.

8. Leia Romanos 11:31 com atenção e oração. Que ponto importante devemos extrair detse texto sobre o nosso testemunho, não apenas aos judeus, mas para todas as pessoas com quem entramos em contacto?

Ao longo dos séculos, se a igreja cristã tivesse tratado melhor os judeus, muitos mais poderiam ter aceitado o Messias. A grande apostasia nos primeiros séculos depois de Cristo e a paganização extrema do cristianismo, inclusive a rejeição do Sábado em favor do domingo – certamente não tornaram mais fácil a situação para que os judeus fossem atraídos para Jesus.

Portanto, é fundamental que todos os cristãos, percebendo a misericórdia que lhes foi dada em Cristo, demonstrem essa misericórdia para com outros. Não podemos ser cristãos sem esta manifestação de compaixão (veja Mateus 18:23-36).

Precisa demonstrar misericórdia a alguém que não merece? Mostre misericórdia a essa pessoa, não importa o quanto isso seja difícil. Afinal de contas, não foi isso que Jesus fez por nós?