15.10.20

As Lutas E Dificuldades Dos Guardadores Da Lei

Quarta-feira, 14 de Outubro


Existem grandes benefícios em obedecer à lei, evidentes na vida das pessoas abençoadas por Deus. Josué obedeceu aos preceitos do Senhor e liderou bem o povo de Israel. O Senhor disse a Israel, repetidas vezes, que se obedecesse à lei prosperaria.

6. Leia 2 Crónicas 31:20, 21. Quais foram as razões principais para a prosperidade de Ezequias?

Seja qual for o espaço de educação em que estejamos, devemos enfatizar a importância da obediência. No entanto, os nossos alunos não são tolos. Mais cedo ou mais tarde, eles vão perceber o facto duro de que algumas pessoas são fiéis, amorosas e obedientes e que, mesmo assim, o desastre também as atinge. Como explicamos isto?

A realidade é que não podemos explicar. Vivemos num mundo de pecado, de maldade, um mundo assolado pelo grande conflito, e nenhum de nós está imune a isso.

7. O que ensinam os seguintes textos sobre esta questão difícil? Marcos 6:25-27; Jó 1; 2; 2 Coríntios 11:23-29

É evidente que pessoas boas e fiéis, cumpridoras da lei, nem sempre prosperaram, pelo menos no sentido como o mundo entende a prosperidade. E aqui também pode haver uma resposta parcial a esta questão difícil, que certamente surgirá quando buscarmos ensinar a importância da lei. O que queremos dizer exatamente com “prosperidade”? O que disse o salmista? “Preferiria estar à porta da Casa do meu Deus, a habitar nas tendas da impiedade.” (Salmos 84:10). Não há dúvida de que, pelos padrões do mundo, mesmo os fiéis a Deus e obedientes à Sua lei nem sempre “prosperam”, pelo menos por enquanto. Prestamos um desserviço aos nossos alunos se dissermos o contrário.

Leia Hebreus 11:13-16. De acordo com esse texto, porque é que os fiéis ainda sofrem?

Sem comentários: