17.5.17

Carne, gordura e alimentação

Algumas coisas que Deus nos diz sobre o comer carne, a gordura e a qualidade da nossa alimentação.

Mensagens de Deus a uma família, através da pena inspirada de Ellen White. Mensagens de Deus a todas as famílias que querem “estar preparados para a trasladação.”

“Aqueles que professam estar preparados para a trasladação não se devem tornar açougueiros.

[Nota: “alimentos cárneos” inclui tudo o que é de origem animal, do leite, e peixe.]

Sua família tem participado grandemente de alimentos cárneos, e as propensões sensuais têm sido fortalecidas, ao passo que o intelecto se tem enfraquecido. Somos constituídos daquilo que comemos, e se vivemos largamente de carne de animais mortos, havemos de partilhar de sua natureza. Vocês têm favorecido a natureza inferior de seu organismo, ao passo que a mais refinada se tem enfraquecido. Têm dito repetidamente em favor de sua condescendência para com o uso da carne: “Por mais prejudicial que ela seja para outros, não me prejudica, pois a tenho usado durante toda a minha vida.” Não sabem, porém, quão bem poderiam estar se houvessem se abstido do uso de alimentos cárneos. Como família, acham-se longe de estar isentos de enfermidade. Têm usado gordura de animais, o que Deus expressamente proíbe em Sua Palavra: “Estatuto perpétuo será nas vossas gerações, em todas as vossas habitações: nenhuma gordura, nem sangue algum comereis.” Levítico 3:17. “E nenhum sangue comereis em qualquer de vossas habitações, quer de aves quer de gado. Toda pessoa que comer algum sangue, aquela pessoa será extirpada dos seus povos.” Levítico 7:27.

Vocês são gordos, mas a gordura não é bom material. Estão piores por essa corpulência. Se ambos chegassem a um regime mais simples, que lhes tirasse doze ou quinze quilos de gordura, estariam muito menos sujeitos a enfermidades. Os alimentos cárneos produziram sangue e carne pobres. Seu organismo encontra-se em estado de inflamação, pronto a apanhar doenças. Estão sujeitos a ataques agudos de doença, e à morte repentina, pois não possuem resistência constitucional capaz de combater e vencer o mal. Virá tempo em que a força e a saúde que se lisonjeiam de possuir se demonstrarão fraqueza. Não é objetivo principal do homem glorificar seu estômago. Vocês têm necessidades físicas a serem atendidas; mas por causa delas deveria o homem tornar-se animalizado?

Vocês têm posto diante de seus filhos alimentos insalubres, preparados de maneira não saudável. Têm colocado perante eles alimentos cárneos, e qual é o resultado? São eles educados, inteligentes, obedientes, conscienciosos e inclinados à religião? Vocês sabem que não é assim. Tal maneira de viver tem fortalecido o instinto sensual de sua natureza e definhado a espiritualidade. Vocês têm transmitido a seus filhos um miserável legado; uma natureza degenerada tornada ainda mais corrupta por seus maus hábitos no comer e no beber. A mesa completa o trabalho de os tornar o que são. “O pecado jaz à porta.” Gênesis 4:7. Vocês sabem que eles não têm propensões religiosas, que sua vontade não se submete a restrições, mas são inclinados à desobediência e ao desrespeito a sua autoridade. Seu filho mais velho é especialmente corrompido, participando em grande parte daquilo que é sensual. Dificilmente um traço do que é divino pode ser visto nele. Vocês têm levado seus filhos a condescender com o apetite quando e como lhes agrada. Seu exemplo tem-lhes ensinado a viver para comer; que a condescendência com o apetite está acima de tudo. Há um trabalho para você, irmão H. Você tem sido como um homem sonolento ou paralisado. É tempo de o irmão fazer grandes esforços para salvar os membros mais jovens de sua família. A influência de seu filho mais velho é nociva sobre os irmãos. Corrija sua mesa. Um regime alimentar estimulante e corrompido está fortalecendo as paixões sensuais de seus filhos. De todas as famílias que conheço, a sua tem a maior necessidade de dispensar alimentos cárneos e gorduras, e aprender a cozinhar saudavelmente.” Testemunhos para a igreja, volume 2, 60.3 a 61.2

Sem comentários: