26.2.14

Amazing Grace

Nada mereço, e Deus ama-me tanto! Imagino Jesus pendurado lá naquela cruz, sozinho, entre a terra e o céu. E foi tudo por mim. Como pode o coração não quebrar? Como pode a voz não embargar? Como podem os olhos não chorar? Obrigado Pai, ajuda-me a amar-te mais.

Sem comentários: