1.6.11

Borboleta



Vou voar de novo hoje, voar para longe... :( Sinto-me no ar, nas nuvens, nas asas deste amor que tenho em mim, por ti... Não sei que fazer para agradecer a Deus por ti, minha maior bênção.

Mas hoje não, hoje não queria voar. Hoje não queria estar na barriga daquele pássaro gigante de metal, feio, horrível, mau, que me vai afastar de ti...

Quero ficar...

Quero voltar, quero que o meu primeiro gesto ao chegar ao destino seja buscar forma de regressar. Voltar a ti, perto bem perto, ao teu abraço, ao teu toque, à tua presença que me embala numa felicidade indescritível. Quero estar... nunca mais me separar de ti. Ainda não fui, e já me rasgo de saudades.

Quero rir contigo, quero dançar, quero saltar, quero derreter-me no teu olhar, e a olhar para ti também... st:)

Hoje...

Mais uma vez te digo, que te amo mais que a minha propria vida. O amor que tenho é como borboleta, voando suave e belo... e também há as borboletas no estômago quando estou contigo :)

Mas quero voltar para ti rápido como a águia, sem distracções, sem desvios, voltar apenas!

Ainda me faltam melhores palavras, mas continuo a procurar. Para já então, deixa-me dizer mais uma vez...

Amo-te.

Sem comentários: