26.1.08

João 3:30

Jamais cheguei a sentir
Tamanha dor e tanta tristeza
Como ao dizer para Jesus, com orgulho:
"Todo o meu eu, e nada de Ti."

Apesar disso, Ele me achou. Pude vê-Lo
Naquela rude cruz, todo ensanguentado;
E o meu desolado coração murmurou:
"Um pouco do meu eu, e um pouco de Ti."

Dia após dia, Sua terna misericórdia,
Tão curadora, generosa, completa e totalmente gratuita,
Tornou-me mais humilde, e me fez murmurar:
"Menos do meu eu, e mais de Ti."

Mais alto do que o mais alto céu,
Mais profundodo que o mais profundo mar;
O Teu amor, Senhor, venceu finalmente:
"Nada do meu eu, e tudo de Ti."

Theodore Monroe

1 comentário:

Daiana Rodrigues disse...

oi visita ai o meu blog